Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

Sotaques nos Estados Unidos


Tradicionalmente, os dialectologistas(pessoas que estudam as linguagens regionais) tem listados 3 diferentes grupos lí­nguisticos nos Estados Unidos: Nortista(northern), Interiorano(midland), e o sulista(southern) --porém alguns pesquisadores preferem classificar como nortista e sulista apenas, e outros também encontram diferenças significantes nas fronteiras de cada área. O mapa mostrado acima representa uma sintese de varios campos independentes de estudo neste século.

Dialetos da Nova Inglaterra

~

Estes dialetos são nao róticos, isto é os R's são omitidos antes de consoantes e no final de palavra (igual ao sotaque da inglaterra). Esta área é também subdividia em Nova Inglaterra do Leste, incluindo Boston e Maine, onde O* e AW mudam para uma vogal intermediaria de modo que cot e caught são iguais. Este tipo de variação é menos bem definida que a de NY, que tem um r-mudo (r-dropping) mas O* e AW são diferentes.Então eles misturam /o/ e /oh/ em cot e caught, Don e dawn


"Pahk the cah in Hahvahd yahd" and "Pepperidge Fahm remembuhs."

Dialetos de Nova Iorque

A cidade de Nova Iorque tem uma situação de certo modo estranha, pois seu dialeto local não é reproduzido no grupo do oeste (westward) e nem no grupo da Nova Inglaterra ou interiorano (mid-land).
(1) como na Nova Inglaterra, seu R é mudo(dropping) -- outras caracteristicas sao geralmente comum ao nordeste maritimo.
O vale de Hudson em Albany, entretanto o R é preservado, é entretanto próximo o bastante para ser colocado no grupo Nova Iorque: ambos tem um sotaque holandês.

Word New York Standard American
Vogal mais longa, qualidade diferente bar baw@ bahr
burr b3: b3r
/r/ substituí­do por â(shwa) bore baw@ bawr
beer bih-@ bihr
bear beh-@ beir


TH: dis (this), tink (think);
Pronúncia de G no final-ng, e.g. coming gup (coming up),
A omissao de -tt-: bo'l (bottle).

Quando um R aparece depois de uma vogal fica mudo. IR vira OI, e OI vira IR,
TH vira D como na frase "Dey sell tirlets on doity-doid street" and fugedaboudit (forget about it).

Som curto em [u] (como em food) e [o] (como em load).

O som de a Curso é dividido lá em dois tipos relaxado /í¦/ e tenso /í¦h/

A mais importante caracteristica é a complexa distribuição das duas formas do A curto: o fraco A de bat, e forte A em bad, que tem som parecido com ai de air. Alguns dialetos tem somente A fraco, outros somente A forte (como em Buffalo). Porém no meio-atlântico litoraneo em Nova Iorque, Nova Jersey, Filadelfia e Baltimore, ambos os tipos de A-curto existem, com complexas regras.
Estas regras diferem de cidade em cidade: ash por exemplo é fraco na Filadelfia mas forte em NY. Também comum a areas metropolitanas do norte é a pronuncia de th por d.
Nova Iorque é muito distinta linguisticamente, o jeito de falar ali é reconhecido em todo o paí­s. É tipico dos portos atlânticos com r-mudo, assim source=sauce, e or=aw. Uma caracteristica de NY (exp. Brooklyn) é a substituicao de oi por er/ir: ex: boid(bird). Geralmente o som de bird falado pelos Brooxlyneses não é oi mas sim uh-ee.Também se vê Rs em lugares que não deveriam ex.: I sawr it (I saw it).

Os dialetos urbanos têm também peculiaridades gramaticais. Uma destas é o uso de youse, como plural de you. y'uns(you one) em Pittsburgh e mongst-ye em Delmarva.


Buffalo

Buffalo e outras cidades de Nova Iorque, incluindo Syracuse e Rochester (também Midwestern Clevend, Detroit e Chicago) são classificados como cidades do norte, onde a vogal o curta é um a-fraco: ex: gat (got) e o a curto é forte(tense) that(that).


Filadelfia

O dialeto de Filadelfia é incomum para sua regiao onde o r ''e bem pronunciado. (o que nao acontece em Boston, New York, Richmond, and Atlanta) Como no Sul, o ditongo OW começa com a curto ex al (owl) e fal (fowl). Há também aqui uma caracteristica tipica de NY onde o antes de r e y stoor (store), booy (boy). Tipicalmente pronunciam vurry (very) e furry( ferry).

New Yorkers and Bostonians both have an r-dropping pattern

Bostonians pronounce carry and marriage with /ae/before the medial r, whereas many other North American dialects raise the vowel to /eh/

Dialeto dos Grandes Lagos

Entre todas as regiíµes dialética, a região dos Grandes Lagos é talvez a mais homogênea, desde as cidades grandes (Syracuse, Rochester, Buffalo, Cleveland, Detroit, Chicago, Milwaukee)

tem um sotaque conhecido como Mudança do Norte (Northern Cities Shift), com rotação das vogais assim "eles podem ser entendidos como membros de um outro fonema por ouvintes de outra região dialética com consequente confusão de significados:

Ann por Ian, bit por bet, bet por bat/but, lunch por launch, talk por tuck, locks por lax. Esta área não tem r-mudo. Porém seu vocabulário é influenciado por palavras inglesas.

Dialetos do Sul

Muito comum em cidades do sul como Alabama, a mudança do sul (southern shift) faz com que dissí­labas virem monossí­labas ex: fire => far

� 

Virginia Piedmont (20)
When an R comes after a vowel, it becomes UH, and AW becomes the slided sound, AH-AW. Thus, four dogs becomes fo-uh dahawgs. Some local words are:

LOUSIANA - Cajun English borrows vocabulary and grammar from French and gives us the famous pronunciations "un-YON" (onion) and "I ga-RON-tee" as well as the phrase "Let de good times role!"

New Orleans is pronounced with one syllable: "Nawlns." There is another dialect of English spoken in New Orleans that is informally, and some would say pejoratively, called Yat (from the greeting, "Where y'at"),

Os dialetos do alto Meio Oeste(mid-west)

Esta área é caracterizada principalemnete por um conservativo esquema de vogais, onde as vogais longas ( atribuidas a influencia escandinava) tem permanecido monotongas(nao-ditongas), explicando o OE falado em Minnesota. Entre este grupo estão os Canadianismos como IE centralizado falado diferente f@yr(fire) e o centralizado ow (@w) em out.

Os dialetos interioranos (Midland

Os dialetos interioranos retem o R em todas as posiçíµes, e o I longo não é monotonguizada, mas sim ditongo como no SUl, mas o dialeto interiorano não é em contra partida muito fácil de descrever como um todo, pois "cada cidade -- Philadelphia, Pittsburgh, Columbus, Cincinnati, Indianapolis, St. Louis, Kansas City -- tem sua caracteristica." Porém as cidades mais próximas ao sul deste grupo falam out(awt); as cidades mais do norte nao tem isso.

Em Pitsburgh, existe o pronome y'uns. Alguns geramnismos sao encontrados também. Há também a pronuncia estranhos de OW por aht (out).

Philadelphia we find the regional patterns of the fronting of /uw/, /ow/ and /aw/, the raising of /ahr/ and /ohr/ in a chain shift, and the centralization of /ay/ before voiceless consonants.

But only within the city proper do we find the Philadelphia split of /í¦/ into tense and lax categories, the near-merger of /e/ and /^/ before intervocalic /r/ in ferry and furry, and the reversal of the direction of the glide in /aw/ from [au] to [eO]

Pittsburgh, shares the merger of /o/ and /oh/ the fronting of /uw/ and /ow/, and the vocalization of /l/. But only Pittsburgh itself shows the characteristic monophthongization of /aw/ in house, mountain, etc.

St. Louis vowel system is local to the city in several respects. The most remarkable of these is a merger of /ahr/ and /ohr/ in card and cord,

People tend to speak slower here than in the north creating the famous southern "drawl." I is pronounced AH, and OO is pronounced YOO, as in "Ah'm dyoo home at fahv o'clock." An OW in words like loud is pronounced with a slided double sound AOO (combining the vowel sounds in "hat" and "boot"). Some local words are: boogerman, funky (bad smelling), jump the broomstick (get married), kinfolks, mammy, muleheaded, overseer, tote, y'all.

SOUTH - MIDLAND - A TH at the end of words or syllables is sometimes pronounced F, and the word ARE is often left out of sentences as they are in Black English. An A is usually placed at the beginning of verb that ends with ING, and the G is dropped; an O at the end of a word becomes ER. ("They a-celebratin' his birfday by a-goin' to see 'Old Yeller' in the theatah"). A T is frequently added to words that end with an S sound. Some words are: bodacious, heap, right smart (large amount), set a spell, and smidgin.

Pittsburgh

Pittsburgh historicalmente foi um portão para o meio-oeste, e seu dialeto ainda reflete isto. Caracteristicas comuns a Pittsburgh incluim OW por o curto: ot (out), cot (caught) e uso da palavra pop (midwestern) e não soda (eastern). O e longo antes de l é pronunciado i-curto: stil (steel), mill(meal).


Baltimore

O dialeto de Baltimore compartilha muitas caracteristicas e palavras com a vizinha Filadelfia. Uma destas é o o longo na palavra home pornunciado eh-oo. Também tem caracteristicas do sul. O ditongo oi vira aw: bawl(boil), spawled(spoiled), também o i longo antes de r: far (fire), arn (iron).

� 

Os dialetos do Oeste (Western)

A fonologia do Oeste tem mudado somente nos dias recentes. Pois antigamente o AW e O* eram iguais. (cot = caught) E o U longo era pronunciado "ih-oo" em palavras como two. Porém parece que os dialetos do Oete são originados no Interiorano (midland), pois ambos os grupos são conservadores em sua fonologia.

merger of long and short open /o/ - Minnesota, Iowa, Nebraska, Oklahoma, the panhandle of Texas and southern Arizona and New Mexico.

o-curto e aw

Nas cidades abaixo onde está marcada com ponto verde, o-curto e aw são pronunciados diferentes, onde está marcado com onto amarelo são ronunciados parecidos, e onde está marcado em vermelho são pronunciados iguais, isto é com o mesmo som de aw.

� 

Qual sotaque americano você tem?

Neste site você vai fazer um pequeno teste (em inglês) para saber com que sotaque você fala inglês.
http://www.gotoquiz.com/what_american_accent_do_you_have

Adicionar comentário

Este texto te ajudou em alguma coisa? Quer contribuir com mais informações? Tem algum erro e quer sinalizar? Então escreva no formulário abaixo.

foto do autor

Graduado em Informática com Ênfase em Gestão de Negócios na FATEC/ZL e não em Letras também (que pena!).

Amante da Língua Inglesa e Interessado em entrar na Jerusalém Celestial e ver um mundo com Tradução Automática.


Comentários   

 
0 #2 Denny 10-02-2019 21:15
Hi, i think that i noticed you visited my website so i got here to return the
favor?.I am trying to to find things to improve my web site!I guess its adequate to use a few of your ideas!!



Check out my web page visit: http://forum.yealink.com/forum/member.php?action=profile&uid=79722
Citar | Reportar ao administrador
 
 
0 #1 julia 18-05-2010 20:26
:sigh: cade os de nova jersey ? ;/
Citar | Reportar ao administrador
 
Nós temos 79 visitantes online