Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimir

WikiLeaks já pode se tornar palavra em inglês, diz estudo

WikileaksComo a Xerox (marca de fotocopiadoras) e o Google (site de buscas), o portal WikiLeaks está prestes a se tornar uma palavra em inglês, de tanto ter o nome repetido após obter 250 mil vazamentos de documentos diplomáticos americanos.

O instituto do Texas, Estados Unidos, Global Language Monitor (GLM), anunciou que o site WikiLeaks tem sido citado tantas vezes pelo público que atingiu os critérios de alcance, profundidade e abrangência para ser considerado uma palavra.

"WikiLeaks agrupa um número de novas mí­dias e empresas de alta tecnologia cujos nomes e funçíµes são incorporados na linguagem", diz o diretor do GLM, Paul JJ Payack.

"Isso inclui o Google, Twitter e a função "friending" (fazer amigo, em tradução livre) do Facebook", disse Payack.

O padrão aceito pelo centro de estudos é de no mí­nimo 250 mil citaçíµes. O WikiLeaks já passou de 300 milhíµes referências.

No termo "wikileaks", "wiki" tem raiz havaiana e significa "rápido" ou "veloz", de acordo com o GLM. A parte do "leaks" (vazamentos, em inglês) reflete a missão do site de publicar material confidencial, privado ou classificado como de uso restrito do governo.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/mundo/ 849085-wikileaks-ja-pode-se-tornar- palavra-em-ingles-diz-estudo.shtml

Adicionar comentário

Este texto te ajudou em alguma coisa? Quer contribuir com mais informações? Tem algum erro e quer sinalizar? Então escreva no formulário abaixo.

foto do autor

Graduado em Informática com Ênfase em Gestão de Negócios na FATEC/ZL e não em Letras também (que pena!).

Amante da Língua Inglesa e Interessado em entrar na Jerusalém Celestial e ver um mundo com Tradução Automática.


Código de segurança
Atualizar

Nós temos 66 visitantes online